Pico da Bandeira – Alto Caparaó

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

Fala galera!!! Hoje vou relatar um pouco da experiência que tive ao subir o Pico da Bandeira.

O Pico da Bandeira é localizado entre os estados de Minas Gerais e Espírito Santo. Ele tem 2891,32 metros e é o terceiro maior monte do Brasil. Pelo lado mineiro, a entrada é feita pelo Parque Nacional do Caparaó, que está localizado na cidade de Alto Caparaó. A subida tem no total 6,9 km, sendo um pouco complicada, ao mesmo tempo em que é uma experiência muito válida.

A viagem começou a ser planejada no dia 23 de dezembro, depois que eu e um grupo de amigos resolvemos subir a Pedra do Relógio, a qual é localizada em Descoberto(brevemente terá um texto sobre essa outra “aventura”). Eu, Samuel, Serginho, Bia e Tony decidimos ir e achamos a data do dia 20 de janeiro ideal, mas por motivos pessoais o Tony não pode nos acompanhar.

A viagem de Piraúba para Alto Caparaó dura cerca de 4h e o trajeto é pela BR 116. O trajeto é bem sinalizado e a estrada é boa.

Chegamos em Alto Caparaó por volta das 15h e fomos comprar sanduíches e frutas. A cidade é pequena e não há muito o que visitar, além do Parque e de algumas cachoeiras. Fomos para o Parque às 17h – só pode entrar até às 18h – e seguimos para o local que começaria nossa trilha. A trilha tem início na Tronqueira e lá tem área de camping e banheiros. Uma ótima pedida para dias quente é ir no Vale Encantando, ele fica à 350 metros da Tronqueira e é muito bonito.

 

Saímos para a trilha às 23h, pois, como a subida era bastante longa, pensamos em fazer algumas paradas para descansar. Fizemos todo trajeto com calma e paramos por cerca de 40 minutos no Terreirão, antigo local de acampamento. Chegamos ao Pico da Bandeira às 4h e enfrentamos um frio intenso, mesmo no verão, no qual a temperatura chegou à 4 graus.

A trilha até o Pico da Bandeira é dividida em duas partes. A primeira parte tem início na Tronqueira e termina no Terreirão, são 3,7 km e é uma trilha mais tranquila. Desde o ano passado está proibido acampar no Terreirão devido à falta de funcionários no parque. A segunda fase da trilha é do Terreirão até o Pico da Bandeira, são 3,2 km e é uma trilha bem pesada. Os últimos quilômetro tornam-se mais difíceis por conta da parte final da trilha ser bastante íngreme e também pela exaustão física.

A chegada ao Pico da Bandeira gera um misto de emoções: felicidade por chegar ao topo e alívio pelo objetivo alcançado.

É indescritível a vista do nascer do sol lá de cima. Perceber o céu clarear aos poucos e o sol ir surgindo imponente no horizonte é bonito demais. O olhar incrédulo de todos que estavam no topo é inenarrável, todos ficaram abismados com esse espetáculo da natureza.

A volta, apesar de ser somente descida, também cansa muito e força os joelhos. Quando chegamos na Tronqueira foi um alívio coletivo.

Dica valiosa: se você não tem um preparo físico muito bom, não é aconselhável tentar subir o Pico da Bandeira. O trajeto é muito desgastante!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Filament.io 0 Flares ×

3 comments

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *