Tecnologia e inteligência turística em prol do desenvolvimento do setor no país

Giampiero Rosmo
Giampiero Rosmo 49 Views 3 Min Read

Tecnologia e inovação têm sido aliadas do turismo brasileiro. A estratégia Destinos Turísticos Inteligentes (DTI), implantada pelo Ministério do Turismo desde 2021, está ajudando as cidades a darem maior visibilidade aos seus atrativos, com a implantação de tecnologias que tornam os municípios mais acessíveis e sustentáveis.

Desenvolvida inicialmente na Espanha, a ação foi adaptada para a realidade brasileira com a parceria do Instituto Ciudades del Futuro. O objetivo é possibilitar que o local conquiste mais espaço no setor, ampliando a competitividade turística, a promoção internacional e a oportunidade de captação de investimentos externos.

A coordenadora de Inovação e Transformação de Destinos Turísticos do MTur, Angela Baltazar, explica que o DTI Brasil estimula a excelência, propondo um processo contínuo de melhorias. “Uma vez que se adquire o selo DTI em Transformação, o município deve monitorar constantemente seus resultados, corrigindo o que for preciso para se tornar mais acessível, sustentável, tecnológico, seguro, criativo e inovador. Esses esforços tornam o local mais competitivo e com uma melhor reputação”, disse.

A cidade brasileira que se dispõe a implantar as diretrizes para tornar os seus destinos mais atrativos, adquire o selo DTI só após o cumprimento de, no mínimo, 80% dos requisitos contidos no Plano de Transformação. Com isso, elas se comprometem com pilares que impactam positivamente a qualidade de vida dos moradores e a experiência dos turistas.

No fim do ano passado, durante o Salão Nacional do Turismo, dez novas cidades brasileiras receberam a certificação DTI em Transformação: Foz do Iguaçu (PR), Goiânia (GO), Ponta Grossa (PR), Santos (SP), Joinville (SC), Vila Velha (ES), Fortaleza (CE), São Luís (MA), Gramado (RS) e Bonito (MS). A capital Belo Horizonte (MG) também foi contemplada com o selo, devido ao seu esforço em aplicar a metodologia por conta própria e de forma exitosa. Outros 10 municípios continuam tendo selo DTI, que foi emitido na edição anterior.

Como fazer parte da estratégia Destinos Turísticos Inteligentes?

O Ministério do Turismo estabeleceu 105 requisitos necessários para iniciar um trabalho de desenvolvimento de um destino turístico, visando sua transformação. Fazem parte dos critérios: a cidade saber gerir os recursos de forma eficiente; proporcionar experiências de qualidade para o turista; criar vivências integrativas e oferecer atrativos acessíveis.

Na cartilha, disponibilizada pelo MTur sobre o DTI Brasil, é possível compreender as vantagens que a tecnologia traz para os destinos turísticos, conhecer casos de sucesso, os eixos metodológicos do programa e muito mais.

Share This Article
Leave a comment